Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

Sim, do mundo nada se leva. Mas é formidável ter uma porção de coisas a que dizer adeus.

(Millor Fernandes)

 

Facebook

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

06/01/2017

  • Sequestro e criança e banho de sangue no Paraná

    Rapaz que sequestrou ex e filho pequeno morre com tiro na cabeça e fere garota; família dá outra versão para o caso

    Fonte Banda B Por Elizangela Jubanski e Flávia Barros

    Perseguição Policial e banho de sangue no Paraná.

    Banda B

    O rapaz de 21 anos que sequestrou uma adolescente de 17 anos e o filho deles, de um ano e meio, na manhã deste domingo (8), em Curitiba, morreu com um tiro na cabeça. Ramon Alexandre Marcondes Ribas dirigia um Hyndai Elantra e estava sendo perseguido pela Polícia Militar (PM). O desfecho trágico aconteceu em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. O mesmo disparo que matou o jovem atingiu a garota no rosto. O estado de saúde dela é grave e foi encaminhada a um hospital da capital. A versão da polícia é que ele atirou contra a própria cabeça.

    Ramon tinha 21 anos e morreu na hora. Foto: Reprodução

    Ramon foi até a casa dos sogros armado, ordenou que os levassem até a garota, que estava na casa dos avós, e antes de fugir atirou duas vezes contra a mãe dela. Segundo a família dela, Ramon estava inconformado com o término e a garota, assustada, com os últimos comportamentos do ex-marido.

    Já a família do rapaz alega que a garota mandava mensagens diariamente ao ex, pedindo que fosse buscá-la. “Eles brigaram no Ano Novo em Matinhos e ela não voltou para a casa dos meus pais. Ele foi lá, conversou com os pais dela e ficou combinado que ele ia buscar ela. Não sei o que aconteceu depois, parece que eles mentiram que ela ainda estava na praia, ela mandou mensagem dizendo que não. Falava todo dia que era pra ele ir lá buscá-la. Eu não lia, ouvia meu irmão contar”, contou a irmã de Ramon, que terá a identidade preservada.

    A irmã contou ainda que o casal estava junto há quatro anos, entretanto, Ramon tinha outro filho de dois anos e meio de outro relacionamento. “Todos sabiam que o casamento deles era bem confuso, brigavam bastante”, finalizou.

    Viaturas do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e um helicóptero iniciaram perseguição ao carro do jovem, que estava com a garota e o filho. Na rua Antônio Gideão Tosin, bairro Bela Vista, o carro do jovem colidiu contra uma ribanceira. Embora ele tenha supostamente atirado contra a cabeça ainda dentro do veículo, o corpo dele já estava no chão, ao lado do carro, com a chegada da imprensa.

    De acordo com o Corpo de Bombeiros (CB), a garota foi atingida pelo mesmo disparo de arma de fogo que matou Ramon. Ela estava ao lado do motorista, no banco do passageiro e foi atingida na lateral esquerda da cabeça. A Polícia Científica esteve no local e fez o trabalho de perícia. Exame de balística poderá comprovar de qual arma o disparo foi efetuado.

    A criança não teve ferimentos, estava ilesa e foi levada para dentro de uma viatura e entregue aos tios, logo depois. A adolescente foi socorrida pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e encaminhada ao Hospital Cajuru, em estado grave.

    O primo da adolescente contou que o sogro teria comprado ao genro uma motocicleta, trocada dias depois por uma arma, possivelmente usada neste domingo. Ramon não trabalhava e morava com a adolescente na casa dos pais, junto com o filho.

     

Cometários

Postagem em questão: “Rapaz que sequestrou ex e filho pequeno morre com tiro na cabeça e fere garota; família dá outra versão para o caso”

 

  1. Ainda não temos comentários nesta matéria, seja você o primeiro!!

Enviar Comentário
Nome (obrigatório)
E-Mail (não será publicado) (obrigatorio)
Cidade (obrigatorio)
 
 

 

Veja também