Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

Só há dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.

(Dalai Lama)

 

Facebook

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

10/10/2018

  • Mulher esquartejada pelo namorado.

    Plantão de Polícia - Parte de corpo de mulher esquartejada há 8 meses é encontrada na RMC Subtenente, acusado de assassinar a mulher, foi preso e nega o crime.



    Fonte: Banda B
    Agentes de segurança acionaram a PC e o IML. Foto: Colaboração/Banda B

     

    A parte do corpo que faltava de Alessandra Bartoszewski, de 33 anos, esquartejada em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, em fevereiro, foi encontrada na manhã desta quarta-feira (9). O crânio estava em um matagal, próximo a rua Francisco Schena e foi encontrado por um morador da região. O subtenente, acusado de assassinar a mulher, foi preso e nega o crime.

    A Polícia Civil foi acionada pela Secretaria de Ordem Pública e Segurança do município logo após o chamado do  morador. O crânio foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

    O crime aconteceu no dia 23 de fevereiro e o corpo da vítima foi encontrado em dois dias diferentes. A polícia apresentou versão de que o suspeito é especialista em uma arte marcial que usa espadas e, assim, teria decepado a cabeça e membros superiores da mulher. A identificação de Alessandra só foi possível pela presença de uma tatuagem de anjo nas costas. O subtenente permanece preso e nega o crime.

    A motivação seria o relacionamento extraconjugal do militar com Alessandra, que teria exigindo dinheiro para não expor o relacionamento.

    Corpo encontrado na estrada rural

    O corpo de uma mulher foi encontrado em uma estrada rural na Estrada Municipal Francisco Schenna, em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, no início da tarde desta sexta-feira (23). A cabeça e os braços da vítima foram arrancados, de acordo com as primeiras informações da Polícia Militar (PM).

    Trabalhadores que estavam na região para a instalação de uma cerca, na zona rural de Campina Grande do Sul, foram quem encontraram o corpo. Um cachorro com um pedaço de tecido de vestido na boca fez com que os trabalhadores fizessem o achado macabro.

    A Polícia Civil investiga o caso, apurando se há alguma mulher desaparecida na região, para a partir daí buscar esclarecer o crime.


    (Foto: Divulgação)
    Subtenente do Exército é preso suspeito de matar e esquartejar mulher na Grande Curitiba

    Corpo da vítima foi encontrado em fevereiro e Campina Grande do Sul

    Um subtenente do Exército foi preso, nos últimos dias, suspeito de cometer um crime brutal em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, em fevereiro deste ano. Ele é apontado como responsável pela morte de Alessandra Bartoszewski, de 33 anos, que teve o corpo esquartejado e encontrado em dias diferentes na Estrada Municipal Francisco Schenna.

    O caso é investigado pela Delegacia de Araucária, que confirmou que a ordem judicial de prisão temporária, de 30 dias, foi expedido pela Vara Criminal do município. Outros detalhes não serão fornecidos para não atrapalhar as diligências policiais, mas a informação é que a mulher tinha um relacionamento com o militar, que é casado, e vinha exigindo dinheiro dele para não expor o relacionamento.

    O crime aconteceu no dia 23 de fevereiro e o corpo da vítima foi encontrado em dois dias diferentes. Isso porque o suspeito é especialista em uma arte marcial que usa espadas e, assim, teria decepado a cabeça e membros superiores da mulher.

    A identificação de Alessandra só foi possível pela presença de uma tatuagem de anjo nas costas. O subtenente permanece preso e nega o crime.

Cometários

Postagem em questão: “Plantão de Polícia - Parte de corpo de mulher esquartejada há 8 meses é encontrada na RMC Subtenente, acusado de assassinar a mulher, foi preso e nega o crime.”

 

  1. Ainda não temos comentários nesta matéria, seja você o primeiro!!

Enviar Comentário
Nome (obrigatório)
E-Mail (não será publicado) (obrigatorio)
Cidade (obrigatorio)
 
 

 

Veja também

[x] Fechar