Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

As palavras não devem ser esbanjadas, pois podem faltar quando for necessário que seu peso influa em alguma circunstância decisiva da vida.

(Carlos Bernardo González Pecotche (Raumsol))

 

Facebook

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

06/03/2018

  • Tribunal de Contas de Olho no IAP Cornélio Procópio.

    Plantão Os Cobras da Notícia - Chefe do IAP Cornélio Procópio está proibida de emitir parecer técnico.

    A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, sapatos

    Maria das Graças Dias Midauar, Chefe  do IAP Cornélio Procópio, na mira do Tribunal de Contas.

    Sede do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), em Cu ...

    Conselheiros de Tribunal de Contas, estão de Olho no Instituto Ambiental Regional de Cornélio Procópio.

    O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) determinou, por meio de medida cautelar, que o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) cesse imediatamente a emissão de Parecer Técnico Conclusivo por servidor sem habilitação legal, em processo de licenciamento ambiental, e a tomada de decisão administrativa por servidor que já tiver emitido Parecer Técnico Conclusivo no mesmo processo.

    Escritório Regional de Cornélio Procópio

    No caso da chefe do Escritório Regional de Cornélio Procópio, Maria das Graças Dias Midauar, a 4ª ICE informou que não identificou registo profissional em órgão de classe competente que a habilitasse para emitir pareceres conclusivos relacionados a procedimentos de licenciamento ambiental. A fiscalização também apurou, no portal do Tribunal Superior Eleitoral na internet, que, quando se candidatou a vereadora, a servidora declarou ter cursado apenas o ensino médio completo.

    Embora houvesse quatro servidores efetivos habilitados para a tarefa, a servidora comissionada teria emitido 26 pareceres conclusivos sobre pedidos de licença ambiental entre 1º de janeiro e 22 de novembro de 2017 - todos favoráveis, referentes a investimentos em valor total superior a R$ 50 milhões. Em muitos processos, Maria das Graças executou todas as etapas, sem a participação de nenhum servidor técnico efetivo do IAP.

    Inclusive, 24 pareceres foram emitidos pela chefe da regional no mesmo dia - um deles em apenas 19 minutos -, a despeito da quantidade de documentos a serem analisados e da necessidade de diligências ao local do loteamento.

06/03/2018

  • Morre ex Prefeito de Apucarana.

    Plantão Os Cobras da Notícia - Morre ex Prefeito de Apucarana José Domingos Scarpelini

    Fonte: Tribuna Apucana

    O corpo do ex-prefeito de Apucarana, José Domingos Scarpelini, foi cremado na tarde desta segunda-feira (5), em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

    Scarpelini morreu no início da madrugada desta segunda-feira, aos 67 anos. O político lutava há seis anos contra um câncer e estava internado no Hospital de Cruz Vermelha, na capital do Estado. 

    O velório aconteceu na Capela Vaticano, ao lado do Cemitério Municipal. O corpo foi cremado em cerimônia íntima, apenas para a família, às 17 horas.

    Trajetória política
    Scarpelini iniciou sua carreira política em 1972, no antigo MDB, quando elegeu-se vereador. Em 1974, ele deixou o Legislativo Municipal para se candidatar a deputado estadual, tendo sido eleito para o período de 75 a 78. Na sequência, foi reeleito para o mandato de 79 a 82. Em 86 foi novamente eleito deputado estadual, porém renunciou em 88 para disputar a Prefeitura de Apucarana, tendo sido eleito para o mandato de 89 a 92.

    O político também foi superintendente estadual da antiga Sudepe – Superintendência para o Desenvolvimento da Pesca, no governo de José Sarney, e secretário especial para Assuntos Políticos no primeiro mandato do ex-governador Roberto Requião. 

    O ex-prefeito deixa a esposa Maria Inês Marresi Scarpelini e os filhos Thales, Thaís e Thiago.  

    Amigos lamentam morte 
    O radialista Antônio Penharbel Filho, da Rádio Cultura, foi vice-prefeito de Apucarana na gestão de Scarpelini, de 1989 a 1992. Ao falar sobre o amigo, ele destaca, sobretudo, a preocupação em ajudar os mais necessitados. 

    "Sempre tivemos uma amizade profunda, não só politicamente. Sempre o admirei pela forma enérgica como ele tratava as coisas públicas com muita lisura. Ao mesmo tempo era um homem de um coração muito grande, que ajudava principalmente as pessoas que realmente precisavam. Ele foi uma pessoa que marcou a história de Apucarana", concluiu.

    Penharbel também destaca que o político era polêmico e tinha personalidade forte. Característica que trouxe muitas contribuições para o município.  " Dentre as principais lutas dele, me recordo principalmente da divisa do Município de Apucarana e Arapongas. Havia uma questão sobre o território de Arapongas, que antigamente era até quase o 'bonezão'. Scarpelini brigou para que a divisa permanecesse perto da empresa Nortox. Foi um guerreiro. Muitas obras importantes do município feitas na época dele", ressaltou. 

    Amigo próximo do político, o assessor jurídico da Câmara de Vereadores de Apucarana, Petrônio Cardoso, também lamentou o falecimento. "José Domingos Scarpelini sempre dedicou as ações políticas dele aos menos favorecidos, quer seja como vereador, prefeito ou deputado. Sempre foi muito preocupado com questões ambientais, sempre defendendo com muita energia os posicionamentos em prol do meio ambiente. Quero destacar que foi dele a lei que proibia o tabagismo em locais públicos e essa lei foi precursora de um comportamento adotado em todo o Pais e que salva milhares de vidas", assinalou. 

    Corpo de Scarpelini foi cremado às 17 horas desta segunda-feira (5) em cerimônia íntima. Foto: Sérgio Rodrigo/Tribuna do Norte

    Morre ex Prefeito de Apucarana, José Domingos Scarpelini

06/03/2018

  • Filho agride a Mãe.

    Plantão Os Cobras da Notícia - Filho embriagado agride a Mãe, enfrenta a Polícia,acaba preso em Cornélio Procópio.

     

    Resultado de imagem para imagem,desenho,filho agride a mãe

    Filho embriagado agride a Mãe, enfrenta a Polícia, acaba preso.

    CORNÉLIO PROCÓPIO: Às 23h28min a PM foi solicitada no Conjunto Florêncio Rebolho, onde segundo informação uma mãe estaria sendo agredida pelo filho. No local o agressor, com sinais nítidos de embriaguez recebeu a equipe PM com violência necessitando ser imobilizado e algemado. A mãe informou que não é a primeira vez que sofre agressão por parte do filho e demonstrou interesse em representar contra o mesmo

    Resultado de imagem para imagem plantão de polícia

    Filho embriagado agride a Mãe em Cornélio Procópio.

06/03/2018

  • Bandido morreu.

    Plantão Os Cobras da Notícia - Caseiro mata bandido durante assalto na zona rural de Ortigueira.

    Fonte: Tribuna Apucarana.

    BANDIDO DE APUCARANA MORRE DURANTE TENTATIVA DE ASSALTO A FAZENDA - 1

    Assaltante Marcelo Cruz, 39 anos de Apucarana, morreu na tentativa de assalto.

    Quatro homens encapuzados e com armas longas invadiram a a Fazenda Luvel, em Ortigueira. Foto: Blog do BerimbauQuatro homens encapuzados e com armas longas invadiram a a Fazenda Luvel, em Ortigueira. Foto: Blog do Berimbau

    Um assaltante morreu após promover um arrastão em várias casas localizadas em uma fazenda, na madrugada desta segunda-feira (5), em Ortigueira. De acordo com a Polícia Militar, o caseiro da propriedade reagiu ao assalto e atirou nos bandidos para defender sua família, porém ele também foi baleado. 

    Segundo relato das vítimas, quatro homens encapuzados e com armas longas invadiram a a Fazenda Luvel por volta da 1h30. O grupo foi até a casa do proprietário onde roubou celulares, chave de uma caminhoneta, joias, folhas de cheque e R$ 1,2 mil em dinheiro. 

    Na sequência,  os criminosos foram até a pousada da propriedade onde fizeram mais um refém e roubaram R$ 400 em espécie. Depois os bandidos foram até onde mora o caseiro, no entanto, a vítima reagiu ao assalto e disparo vários tiros contra a quadrilha. Um dos bandidos morreu no local. 

    Os ladrões também revidaram e atingiram o caseiro com dois tiros no pescoço e na cabeça, depois fugiram do local. O corpo do bandido foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). Já o caseiro foi socorrido por uma ambulância do município e levado ao hospital. O quadro de saúde dele não foi divulgado. 

06/03/2018

  • Tragédia, 04 Policiais morreram.

    Plantão Os Cobras da Notícia - Colisão com carreta do Norte do Paraná, mata quatro Policiais no Pará.

    Quatro policiais morreram no acidente. Foto: Polícia Rodoviária Estadual

    Caminhoneiro dirigia embriagado.

    Motorista da carreta foi levado para fazer exames.  (Foto: Divulgação/ PRE)

    Caminhoneiro dirigia embriagado.

    Homenagens a PM que morreu em acidente continuam  (Foto: Divulgação)

    Comoção e revolta no velório dos Policiais.

    Colisão com carreta do norte do Paraná, e Viatura da Polícia Rodoviária mata 04  Policiais.

    Um motorista de Astorga, no Paraná, se envolveu em um grave acidente de trânsito com quatro mortes, nesta segunda-feira (5), na PA-287, em Conceição do Araguaia, no Pará. O paranaense dirigia uma carreta que bateu de frente com uma viatura da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). 

    O motorista de 36 anos foi preso em flagrante e levado para a delegacia de Conceição do Araguaia. Segundo a polícia, ele apresentava sinais característicos de embriaguez. 

    Logo após sua prisão, o homem confessou que havia consumido bebida alcoólica em uma festa de aniversário, porém, negou que estava embriagado. Assista a entrevista realizada pelo repórter Elvecino Benício

    Um vídeo gravado por um outro condutor que seguia logo atrás do veículo de carga pode comprovar a imprudência. Nas imagens disponibilizadas pela PRE é possível ver a carreta trafegando em zigue-zague pela rodovia até colidir contra a viatura que trafegava sentido contrário. 

    As quatro vítimas eram do serviço do Grupo Tático Operacional (GTO), e estavam a caminho de Santana do Araguaia. 

    Vítimas
    As vítimas foram identificadas como Cabo Arlan Campos Lopes da Silva, que prestou serviço durante 12 anos na PM, deixando esposa e dois filhos; Cabo Luis Antônio Cruz Aguiar, que tinha sete anos de corporação; Soldado Antônio Marcos Carvalho da Silva, com apenas quatro anos de PM, deixa esposa e dois filhos; Sargento Franciso José Gomes de Freitas, trabalha há 20 anos na Polícia Militar e também deixa esposa e os dois filhos.

[x] Fechar