Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

A arte faz viver a humanidade e aniquila o artista.

(Carlos Drummond de Andrade)

 

Facebook

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

11/06/2018

  • Coliso mata motorista no Trevo de Congonhas.

    Planto Os Cobras da Notcia - Coliso violenta entre carros, mata uma pessoa e fere outras cinco no Trevo de Congonhas

    Fonte: Amigos da Notica e Odair Matias.

    No domingo, 10, por volta das 17h50, dois veículos se chocaram frontalmente na Br 369, Km 92, a alguns metros do trevo de acesso para a estrada do Distrito de Congonhas , em Cornélio Procópio.

    Segundo informações do repórter Reginaldo Tinti, o acidente ocorreu quando um veículo Fiat UNO prata, com placas de Cornélio Procópio, saiu da estrada de Congonhas e de súbito acessou a BR 369 invadindo a pista contrária se chocando violentamente com um veículo Volkswagem /Gol  branco, de Londrina.

    Com a força do impacto, o motorista do Fiat UNO, identificado como Marcos José de Souza, 50 anos, (foto abaixo) morreu no local. Com ele estava uma mulher que ficou gravemente ferida, com registros de fraturas expostas nas pernas e ferimento corte contuso em crânio. A mesma foi encaminhada rapidamente para a Santa Casa de Cornélio Procópio.

    O veículo Gol transportava quatro pessoas, um casal e duas crianças, sendo que a mulher apresentada ferimentos mais graves, enquanto as crianças e o motorista não se feriram gravemente.

    Foram necessárias as ambulâncias do SAMU de Cornélio Procópio, Econorte, socorristas do Siate / Corpo de Bombeiros e a ambulância do Hospital de Urai.  Devido ao atendimento das vítimas na estrada, a paralisação do tráfego causou uma enorme fila na BR 369.

    Motorista Marco José de Souza, 50  anos,  morreu na hora

    Mulher gravimente ferida foi encaminhada para o Hospital.

    Grupo Amigos da Notícia/ Reginaldo Tinti.  

11/06/2018

  • Cerco de Jeric.

    Planto Os Cobras da Notcia - Cornlio Procpio, 10 de junho 2018. Emoo e multido no encerramento do dcimo Cerco de Jeric, Parquia Rainha dos Apstolos Cornlio Procpio. Celebrao Padre Aparecido Francelino.

    Imagens, Aparecida Bueno

    Na imagem, Gildo Alvs com Padre Francelino.Emoção e multidão no encerramento do décimo Cerco de Jericó, Paróquia Rainha dos Apóstolos Cornélio Procópio. Celebração Padre Aparecido Francelino.

    A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco e em pé

    Emoção e multidão no encerramento do décimo Cerco de Jericó, Paróquia Rainha dos Apóstolos Cornélio Procópio. Celebração Padre Aparecido Francelino.

    A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e área interna

    Emoção e multidão no encerramento do décimo Cerco de Jericó, Paróquia Rainha dos Apóstolos Cornélio Procópio. Celebração Padre Aparecido Francelino.

    A imagem pode conter: 2 pessoas

    Emoção e multidão no encerramento do décimo Cerco de Jericó, Paróquia Rainha dos Apóstolos Cornélio Procópio. Celebração Padre Aparecido Francelino.

    A imagem pode conter: 4 pessoas, multidão e área interna

    Emoção e multidão no encerramento do décimo Cerco de Jericó, Paróquia Rainha dos Apóstolos Cornélio Procópio. Celebração Padre Aparecido Francelino.

    Data Nascimento: 08/04/1963

    Data Ordenação: 08/12/1990

    Paróquia Santo Antônio - Sertaneja - Pr

    Padre Francelino Celebrou encerramento Cerco de Jericó na Paróquia Rainha dos Apóstolos.

    Trabalha na  Paróquia Santo Antonio em Sertaneja.

    A HISTÓRIA DO CERCO DE JERICÓ

    O Cerco de Jericó consiste em uma semana incessante de batalha espiritual, com intensificação da oração pessoal e comunitária, missa diária, adoração ao Santíssimo, confissão, jejum, pregação da Palavra de Deus e o Terço de Nossa Senhora.

    Por que “Cerco de Jericó”?
    Um fato do Antigo Testamento nos mostra a conquista da cidade de Jericó pelos judeus, liderados por Josué (Js 6,1ss). Josué foi formado por Moisés, desde sua juventude, para substituí-lo. A Bíblia nos mostra que a mesma força que estava com Moisés, esteve também neste jovem, que ao assumir o encargo de dar continuidade na tomada de posse da terra prometida, recebeu a autoridade espiritual e o governo sobre as tribos de Israel.

    Jericó era uma cidade fortificada e inacessível, com imensas muralhas ao redor. Na conquista de Jericó, encontramos o exército de Israel desanimado diante da imensa dificuldade de tomar aquela cidade. O desânimo já havia tomado conta de muitos que duvidavam da promessa de Deus. Esta promessa dizia que não seria pela força humana que aquela cidade seria conquistada, mas Deus mesmo é quem agiria.

    O plano da vitória foi revelado por Deus, de um modo concreto e detalhado. Durante seis dias o povo deveria dar uma volta em torno da cidade. No sétimo dia, sete voltas. Josué e todo Israel executaram fielmente as ordens recebidas. Durante a sétima volta, ao som da trombeta, todo o povo levantou um grande clamor e, pelo poder de Deus, as muralhas de Jericó caíram.

    A exemplo de Josué, diante das muralhas de Jericó, devemos cercar nossos inimigos com orações e louvores e esperar que Deus mesmo haja em nosso favor. Para isto, precisamos ser perseverantes e persistentes até o fim.

    Esse é o objetivo do Cerco de Jericó: derrubar as muralhas pela força da oração. Precisamos tomar consciência de que o Espírito Santo pela força da oração é capaz de derrubar, destruir e aniquilar as forças malignas. O terço de Nossa Senhora e o silêncio fecundo em frente ao Senhor Eucarístico, vão semeando a terra de nossa alma e também quebrando os alicerces das muralhas. Acreditamos que muitas curas e libertações acontecerão: portas que estavam fechadas se abrirão, crises conjugais e econômicas, doenças, e tantos outros problemas serão solucionados. Mas, o mais importante será o poder de Deus derramando o Espírito Santo sobre o povo, o Evangelho crescendo, sendo anunciado, sendo acolhido e transformando vidas

11/06/2018

11/06/2018

11/06/2018

11/06/2018

[x] Fechar