Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

Quando você se ofender com as faltas de alguém, vire-se e estude os seus próprios defeitos. Cuidando deles, você esquecerá a sua raiva e aprenderá a viver sensatamente.

(Epiteto)

 

Facebook

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

09/11/2018

  • Motocicleta em nome de traficante.

    Plantão Os Cobras da Notícia - Motocicleta da família Brittes está em nome de traficante preso pela PF, diz delegado Ele, a esposa Cristiana e a filha Allana estão presos desde semana passada

    Fonte: Banda B

     

    Motocicleta do assassino, está em nome de traficante.

    A Polícia Civil apreendeu a motocicleta usada pelo empresário Edison Brittes Júnior, preso pelo assassinato do jogador Daniel Correa Freitas, 24 anos, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A motocicleta Honda Cbr 1000Rr Repsol está em nome de outra pessoa, atualmente, presa pela Polícia Federal, pelo crime de tráfico de drogas. A polícia quer saber qual é a relação de Edison, conhecido como Juninho Riqueza, com o traficante preso. Ele, a esposa Cristiana e a filha Allana estão presos desde semana passada, acusados no envolvimento da morte do jogador de futebol.

    O delegado de São José dos Pinhais, que coordena as investigações, Amadeu Trevisan, garantiu que essas novas informações serão incluídas no inquérito, que poderá ser desmembrado do crime de homicídio. “Essa moto será para fazermos uma linha sobre a vida antecedente dele. Por que essa moto estava lá, de quem é essa motocicleta? Essa moto pode até abrir um novo inquérito policial porque está em nome de um traficante, está com ele há muito tempo, pode relacioná-lo a outro crime”, confirmou o delegado à Banda B..

09/11/2018

  • 110 quilos de maconha.

    Plantão de Polícia - 2 traficantes presos, 110 quilos de maconha apreendido na BR 369 próximo a Cornélio Procópio.

    Fonte: Massa news

    (Foto: Rede Massa) - Dupla é presa com 110 quilos de maconha em veículo roubado

    110 quilos de maconha apreendido próximo a Cornélio Procópio.

    Dois Foras da Lei foram presos próximo a Cornélio Procópio, em carro HB 20, com 110 qukios de maconha. O veículo consta como furtado no Mato Grosso. Os traficantes bem como a droga, foram encaminhados para o Planttão da Polícia Civil de Cornélio Procópio. A droga saiu do Estado de Mato Grosso com destgino a São Paulo.

    (Foto: Rede Massa)

    110 quilos de maconha escondida no veículo roubado.

09/11/2018

  • Doença do ciúme e tragédia.

    Plantão de Polícia _ Jovem é assassinada por outra no Paraná; ciúmes foi a motivação Bruna Smutek não resistiu aos ferimentos e faleceu na noite da última quarta (7)

    Doença do ciúme provoca tragédia em Prudentópolis Pr.

    Faleceu no Hospital São Vicente de Paulo, em Guarapuava, a jovem Bruna Priscila Smutek, de 19 anos. Ela estava internada desde o último dia 30 de outubro, quando foi atingida por disparos por arma de fogo feitos por uma outra mulher, de 20 anos. O caso ocorreu em Prudentópolis.

    De acordo com informações preliminares, a causa do óbito de Bruna foi registrado como morte encefálica. O corpo da jovem já foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava e seu sepultamento ocorrerá hoje (8), em Prudentópolis.

    A morte da jovem está causando grande comoção, principalmente, entre os moradores da cidade.

    INVESTIGAÇÃO

    A mulher que atirou contra Bruna, e que não teve o nome divulgado pela polícia, está presa em Prudentópolis. Ela foi encontrada pouco tempo após atentar contra a jovem.

    Segundo informações da Polícia Militar, a princípio, a autora seria de Ponta Grossa. O motivo do crime, segundo ela, foi por ciúmes. À polícia, a autora disse que seu ex-marido e Bruna estariam tendo um relacionamento.

    A arma utilizada no crime não foi localizada. A Polícia Civil investiga, agora, a possível participação de um homem no caso, que teria levado a autora até Prudentópolis para que ela cometesse o crime.

09/11/2018

  • Morte trágica.

    Plantão de Polícia - Trabalhador confessa que matou e enterrou mulher após fim de relacionamento A ossada da vítima foi encontrada na chácara onde o casal vivia, em Campo Largo.

    Fonte: Banda B

    Cristiane Ferreira, morreu enforcada.

    Durante interrogatório, Jorge Balduíno, de 47 anos, confessou que matou a companheira,Cristiane Ferreira, 30, durante uma discussão depois que os dois já haviam rompido o relacionamento. O corpo dela foi encontrado nesta quarta-feira (7) enterrado no terreno da chácara onde o casal vivia, mais de dois anos após o crime, que aconteceu em 16 de junho de 2016..

    “No depoimento, ele disse que eles já tinham rompido o relacionamento, mas tiveram uma discussão acalorada, em que ela falou várias coisas que ele não gostou. Ele contou que amarrou uma corda no pescoço dela e a enforcou. O objeto inclusive foi encontrado na ossada. Como a vítima sumiu, havia a suspeita de que estivesse morta ou que poderia ter simplesmente fugido”, relatou o delegado Reinaldo Zequinão, responsável pelo caso

    De acordo com ele, tudo indica que Jorge matou a mulher sozinho, mas teve ajuda para ocultar o cadáver na chácara onde mora. “Nós estamos confirmando agora a identidade dessas pessoas e trabalhando para localizá-las”, completou o delegado.

    Zequinão comentou ainda que Cristiane conheceu Jorge enquanto ela estava grávida de uma menina, que foi registrada no nome dele. “Por isso, ele vai ser autuado por ocultação de cadáver, homicídio e também parto suposto da filha [dar parto alheio como próprio]”, finalizou.

    Jorge foi encaminhado à delegacia de Campo Largo e permanece detido à disposição da Justiça.

09/11/2018

  • Comerciante assassino,Mulher e Filha, transferido para penitenciária.

    Plantão de Polícia - ‘Juninho Riqueza’, Cristiana e Allana são transferidos para penitenciárias na RMC Além delas, Edison Brittes, de 38 anos, que assumiu ter matado Daniel, e outros três jovens estão presos Por Redação em 08 de novembro, 2018 as 13h43.

    Fonte: Banda B

    Pai assassino, Mãe e Filha, transferidos para a Penitenciária.

    Cristiana Brittes, de 35 anos, e Allana Brittes, de 18, foram transferidas na tarde desta quinta-feira (8) da Delegacia de São José dos Pinhais para a Penitenciária Feminina de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Já Edison Brittes Junior, o ‘Juninho Riqueza’, saiu da delegacia por volta das 15h e foi levado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML), para passar por exame de corpo e delito. Em seguida, também será transferido para o sistema prisional em Piraquara.

    Mãe e filha estão presas temporariamente, por 30 dias, pelo envolvimento na morte do jogador Daniel Corrêa de Freitas, de 24 anos, em uma festa na casa da família Brittes, após o aniversário de 18 anos de Allana em uma boate em Curitiba. Pela manhã, as duas ainda passaram por exames no Instituto Médico Legal de Curitiba (IML), justamente devido a transferência.

    Além da família Brittes, outros três jovens estão presos: Eduardo Henrique Ribeiro da Silva, de 19 anos, David Willian Villero Silva, de 18 anos, e Igor King, de 20.

[x] Fechar