Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

O amor é a causa do movimento do Universo.

(Platão)


Publicidades

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

Postado dia 12/03/2019 às 09:42:16

  • Crime abalou Cornélio Procópio.

    Realizada em Cornélio Procópio, primeira audiência, envolvendo o Professor assassino Laurindo Panucci Filho,que matou o Diretor da UENP, sergio Fereira.



Redação Blog do Gildo Alves

 

Realizada em Cornélio Procópio, primeira audiência, envolvendo o Professor assassino Laurindo Panucci Filho,que matou o Diretor da UENP, sergio Fereira.

Resultado de imagem para imagem professor sergio ferreira

Realizada em Cornélio Procópio, primeira audiência, envolvendo o Professor assassino Laurindo Panucci Filho,que matou o Diretor da UENP, sergio Fereira.

Resultado de imagem para imagem advogado leandro genovesi cornélio procópio

Realizada em Cornélio Procópio, primeira audiência, envolvendo o Professor assassino Laurindo Panucci Filho,que matou o Diretor da UENP, sergio Fereira. Advogado Leando Genovezi, trabalha na acusação do Réu.

Resultado de imagem para imagem justiça

Realizada em Cornélio Procópio, primeira audiência, envolvendo o Professor assassino Laurindo Panucci Filho,que matou o Diretor da UENP, Sergio Fereira.

Segunda feira, 11 de março de 2019, foi realizada audiência de instrução e julgamenjto, onde foram ouvidas testemunhas arroladas pelos Advogados de acusação, contratados pela família do Diretor da Universidade Estadual do Norte Pioneiro, Campus Cornélio Procópio. Sergio Ferreira, porém houve a necessidade de expedição de cartas precatórias, para ouvir uma testemunha de acusação, do interior de São Paulo e testemunhas arroladas pela defesa. O Juiz Criminal, já designou nova data para  audiência, 05 de abril 2019, onde será realizado o interrogatório do Professor Laurindo Panucci Filho. Para o Advogado Leandro Genovezi, durante a audiência desta segunda feira, 11 de março 2019, às testemunhas confirmaram com segurança necessária, que o acusado, com consciência inequívoca  de matar o Diretor da UENP, utilizando de meio cruel, situação que dificulta linha de defesa do acusado, já que o assassino,  utilizando de motivo fútil,desferiu diversos golpes com um machado, tirando a Vida do Diretor Sergio Ferreira.



Compartilhe esta matéria!