Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

O amor é a causa do movimento do Universo.

(Platão)


Publicidades

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

Postado dia 01/07/2020 às 23:54:51

  • Confusão,morte e ferido

    Plantão Os Cobras da Notícia - Polícia. Confusão,tiros,uma morte,outra pessoa ferida.



Redação Blog do Gildo Alves

 

Plantão Os Cobras da Notícia - 

Confusão em praça termina em morte e com rapaz baleado

Crimes de homicídio e de tentativa de homicídio ocorreram na noite de segunda-feira (29) no bairro Asa Branca

30/06/2020 11h44

Por: RedaçãoFonte: Luiz Guilherme Bannwart

Jean Pereira da Silva, apontado como autor dos crimes, encontra-se preso na cadeia de Joaquim Távora - Foto: Antônio de Picolli/ArquivoUma discussão, cuja motivação ainda é desconhecida pelos organismos de segurança, terminou em tragédia no fim da tarde de segunda-feira (29), no bairro Asa Branca, em Joaquim Távora. Um rapaz foi executado a tiros e um amigo da vítima também acabou atingido por um dos tiros durante o tumulto. De acordo com a PM, a confusão aconteceu pouco depois das 18 horas na praça localizada na rua Francisco Gomes de Oliveira. Após uma suposta discussão, um dos envolvidos que havia deixado o local retornou na companhia de outro rapaz, em uma motocicleta de cor preta, e abriu fogo contra as vítimas.Os dois rapazes baleados foram socorridos por populares, porém, um deles deu entrada em óbito no pronto-socorro. As vítimas foram identificadas como Gleydson Taymoey de Souza e Lucas Ribeiro de Azevedo. Gleydson seria o alvo do atirador e não resistiu aos ferimentos. Lucas, segundo os médicos informaram à Polícia Militar, foi atingido de raspão no tórax por um dos disparos e está fora de perigo. O autor dos tiros, identificado por testemunhas como Jean Pereira da Silva, foi preso pouco tempo depois na casa dele, onde um táxi o aguardava, provavelmente para a fuga. Lucas Ribeiro de Azevedo, que sobreviveu aos disparos, confirmou aos policiais a suspeita sobre a autoria dos crimes.  

Jean Pereira da Silva foi conduzido à 35ª Delegacia Regional de Polícia, onde permanece preso à disposição da Justiça. A arma usada pelo atirador não foi encontrada pela polícia.

Fonte: Tiros,banho de sangue, ferido e morte.



Compartilhe esta matéria!