Receba notícias

    • Cadastre seu E-Mail:

      Ver últimos Feeds

 

Frase do dia

Quando era jovem, descobri que nove de cada dez coisas que eu fazia eram um fracasso. Eu não queria ser um fracasso. Então passei a trabalhar 10 vezes mais.

(George Bernard Shaw)


Publicidades

 

Contato Rápido





 

 

Estatísticas

Postado dia 27/07/2020 às 23:58:01

  • Crime em Jaboti

    Plantão Os Cobras da Notícia. Crime. Jovem agredido até a morte em Jaboti, Norte Pioneiro do Pr.



Redação Blog do Gildo Alves

 

Plantão Os Cobras da Notícia

Homicídio foi sexta-feira à noite durante briga na zona rural. Agressão até a morte.

Exclusivo: Ao tentar separar três rapazes que estavam brigando perto do Bar do Gilmar no povoado rural da Água Branca, em Jaboti, por volta de 20h30m desta sexta-feira, dia 24, Luciano de Lima (fotos abaixo) recebeu socos e golpes na cabeça, face e pernas e acabou morrendo no local.

Num primeiro momento, um capacete teria sido usado para as agressões, porém esse detalhe não foi confirmado.

A Polícia Militar prendeu em flagrante ainda na madrugada Carlos Bueno, conhecido como Carlinhos, de 19 anos. O jovem está recolhido na carceragem de Tomazina e suspeito de cometer o crime. Familiares e amigos garantem que ele não tem nada a ver com o crime e sim queria apenas ajudar e evitar maiores problemas. De qualquer maneira, permanece encarcerado.

A Polícia Civil, por meio do delegado Luciano Porcino, abriu inquérito e já indiciou Eduardinho e Caio por homicídio qualificado,  sendo que ambos estão foragidos.

O bar (que era do João Pescoço) estava fechado.

A vítima trabalhava no campo.

O corpo de Luciano, que era casado e tinha dois filhos, foi levado pelo Instituto Médico Legal de Jacarezinho,  velado na Capela Mortuária (foto) e sepultado no início da noite deste sábado, dia 25.

Flávio J. Oliveira Chueire enviou a seguinte Nota:

“Na qualidade de advogado de Carlos, citado na reportagem como “Carlos Bueno”, mas que não possui esse sobrenome, passo a relatar os fatos como se sucederam na realidade, cabendo a esta empresa jornalística utilizar ou não as informações.Na data de 24 de julho, no Bairro Água Branca, em jaboti, várias pessoas estavam reunidas em um bar. Dois jovens, Cauê e Caio discutiram, chegaram a ser apaziguados pelos amigos, mas em determinado momento passaram a brigar fisicamente na rua em frente ao bar.
Carlos e outros estavam dentro do bar, quando foram chamados pela filha do dono do bar, porque Lucio entrou na briga e estava sendo agredido por Caio, já caído no chão.
Pessoas da comunidade estavam se dirigindo à confusão com pedaços de pau, quando Carlos retirou Caio da briga e o levou embora em sua moto, sendo esta sua única participação nos fatos.
Justamente por não ter participado das agressões que levaram ao óbito da vítima, Carlos se apresentou à polícia, tendo ficado detido para sua própria segurança, pois familiares e amigos da vítima, sem conhecer a realidade dos fatos, acreditam que ele estava envolvido na briga.
A defesa de Carlos fará exame de corpo de delito no mesmo, uma vez que ele não conta com qualquer machucado ou escoriação, seja nas mãos ou em qualquer outra parte de seu corpo, justamente porque não se envolveu na briga.A instrução processual se encarregará de provar que Carlos não teve envolvimento no caso.Agradecemos a compreensão”.


Compartilhe esta matéria!